quinta-feira, 26 de maio de 2011

O sexo nos planos de Deus

O jovem casto exercita o autodomínio para ser fiel no casamento

"O livro do Gênesis assegura que, ao criar todas as coisas, "Deus viu que tudo era bom" (Gen 1,25). Portanto, tudo o que o Criador fez é belo. O mal, muitas vezes, consiste no uso mau das coisas boas. Por exemplo, uma faca é uma coisa boa; sem ela a cozinheira não faz o seu trabalho. Mas, se um criminoso usá-la para tirar a vida de alguém, nem por isso a faca se torna má. Não. O mal é o uso errado que se fez dela. Da mesma forma, o sexo é algo criado por Deus e maravilhoso. É por ele que a criança inocente vem ao mundo.
Como Deus deu ao casal humano a missão de gerar os filhos, "crescei e multiplicai" (Gen 1,28), providenciou o sexo como instrumento de procriação. E mais, para fortalecer a união e o amor do casal fez do sexo também o meio mais profundo da "manifestação" do amor conjugal.

Podemos dizer que o ato sexual é a celebração do amor, como que a "liturgia do amor conjugal". E é no ápice desta celebração do amor que o filho é concebido. Isto é, ele não é somente a carne e o sangue do casal, mas principalmente, o fruto do seu amor. É por isso que a vida sexual de um casal que não se ama de verdade nunca é harmoniosa.
O sexo é manifestação do amor. Sem este, ele fica vazio, desvirtuado e perigoso como aquela faca na mão do assassino. Faz muitas vítimas... O que é a prostituição, senão o sexo sem amor? É apenas um ato de prazer, comprado, com dinheiro ou outros meios. No plano de Deus a vida sexual só tem lugar no casamento.
São Paulo, há dois mil anos, já ensinava aos coríntios: "A mulher não pode dispor do seu corpo: ele pertence ao seu marido. E também o marido não pode dispor do seu corpo: ele pertence à sua esposa" (I Cor 7,4). O apóstolo dos gentios não diz que o corpo da namorada pertence ao namorado, nem que o corpo da noiva pertence ao noivo.
A união sexual só tem sentido no casamento, porque só ali existe um "comprometimento" de vida conjugal, vida a dois, no qual cada um assumiu um compromisso de fidelidade com o outro. Cada um é "responsável pelo outro" até a morte, em todas as circunstâncias fáceis e difíceis da vida. Sem esse compromisso de vida o ato sexual não tem sentido e se torna perigoso.
As consequências do sexo vivido fora do casamento são terríveis: mães e pais solteiros; filhos abandonados, criados pelos avós ou em orfanatos. Muitos desses se tornam os "trombadinhas" e "delinquentes" que, cada vez mais, enchem as nossas ruas, buscando nas drogas e no crime a compensação de suas dores. Quantos abortos são cometidos porque se busca apenas e egoisticamente o prazer do sexo, e depois se elimina o fruto: a criança!
As doenças venéreas são outro flagelo do sexo fora do casamento. Ainda hoje convivemos com os horrores da sífilis, blenorragia, cancro, sem falar do flagelo moderno da AIDS. O remédio contra a AIDS é a vivência sexual apenas no casamento; e não, como se propõe, irresponsavelmente, o uso de “camisinhas”, em vez de se eliminar o vício pela raiz.
É urgente que os cristãos, pais, professores e educadores tenhamos a coragem de ensinar novamente a castidade aos jovens.
Um jovem que se mantém casto até o casamento, além de tudo, prepara a sua vontade e exercita seu autodomínio para ser fiel ao seu cônjuge no casamento. É preciso mostrar urgentemente aos jovens os valores da castidade, tanto em pensamentos como em atos.
A televisão, os filmes pornográficos, as revistas eróticas abundantes e asquerosas injetam pólvora no sangue de nossos filhos, fazendo-os escravos do sexo. E por causa disso estamos vendo meninas de 13, 14 anos, grávidas, sem o menor preparo e maturidade para serem mães. Temos que acordar. Temos que ter a coragem de oferecer aos jovens a opção da pureza que Jesus nos legou: “Bem-aventurados os puros de coração porque verão a Deus” (Mt 5,8). Neste assunto Cristo foi exigente e não deixou margens à dúvida: “Todo aquele que olhar para uma mulher com desejo de cobiça, já adulterou com ela em seu coração” (Mt 5,27)."

Autor: Felipe Aquino
Prof. Felipe Aquino, casado, 5 filhos, doutor em Física pela UNESP. É membro do Conselho Diretor da Fundação João Paulo II. Participa de aprofundamentos no país e no exterior, escreveu mais de 60 livros e apresenta dois programas semanais na TV Canção Nova: "Escola da Fé" e "Trocando Idéias". Saiba mais em Blog do Professor Felipe Site do autor: www.cleofas.com.br

sábado, 21 de maio de 2011

Descubra o seu caminho": feira vocacional da JMJ

Participarão movimentos, organizações e instituições

MADRI, sexta-feira, 20 de maio de 2011 (ZENIT.org) - No parque do Retiro de Madri, será realizada em agosto, durante a Jornada Mundial da Juventude (JMJ), a tradicional feira vocacional, em que os movimentos, organizações e instituições da Igreja universal apresentarão suas diferentes abordagens, missões e carismas.
Na feira, no privilegiado espaço desse parque tão central e bem conectado, um dos principais pulmões da capital, serão instalados cerca de 80 stands - no Paseo de Coches, onde todos os anos se realiza a Feira do Livro -, nos quais estarão representadas as mais diversas ofertas vocacionais da Igreja.
A Exposição Vocacional 2011 visa a proporcionar aos participantes da JMJ o conhecimento de muitos dos caminhos vocacionais abertos na Igreja e incentivar nos jovens a busca do que Deus espera de cada um deles.
É também uma oportunidade para que as famílias religiosas, movimentos, associações de fiéis e demais instituições da Igreja em todo o mundo possam apresentar-se, por meio de pessoas que vivem esta vocação, às centenas de milhares de participantes da JMJ presentes em Madri.
Nesta Exposição Vocacional haverá representações de, entre outros, França, Noruega, Estados Unidos, Canadá, Reino Unido, Irlanda, Bélgica, Guatemala, Chile e Peru.
Bento XVI, no último domingo, por ocasião do Dia Mundial de Oração pelas Vocações, disse: "Também hoje, quando a voz do Senhor corre o risco de se afogar no meio de muitas vozes, cada comunidade eclesial é chamada a promover e cuidar das vocações ao sacerdócio e à vida consagrada".
"Os homens sempre têm necessidade de Deus, mesmo em nosso mundo tecnológico, e sempre haverá necessidade de pastores para anunciar a sua Palavra e promover o encontro com o Senhor nos sacramentos", concluiu o Papa.

quinta-feira, 19 de maio de 2011

Papa dedicará próximo Dia Mundial da Paz aos jovens



Escolhe como tema “Educar os jovens na justiça e na paz”

CIDADE DO VATICANO, quinta-feira, 19 de maio de 2011 (ZENIT.org) –

O Papa Bento XVI escolheu, para o próximo Dia Mundial da Paz, que será comemorado em 1º de janeiro de 2012, o tema “Educar os jovens na justiça e na paz”.
A Santa Sé divulgou a notícia hoje, através de um comunicado, no qual afirma que este tema remete a “uma questão urgente no mundo de hoje: escutar e valorizar as novas gerações na realização do bem comum e na afirmação de uma ordem social justa e pacífica, na qual possam ser expressos e realizados plenamente os direitos e as liberdades fundamentais do ser humano”.
O tema da “emergência educativa” foi apresentado em muitas ocasiões pelo Papa Bento XVI.
Segundo o comunicado vaticano, “é um dever das atuais gerações colocar as futuras nas condições de expressar livre e responsavelmente a urgência de um mundo novo.”
Os responsáveis públicos “são chamados a operar de modo que instituições, leis e ambientes sociais sejam permeados por uma humanidade capaz de oferecer às novas gerações oportunidade de realização pessoal e profissional. E que assim seja possível construir a civilização do amor fraterno, coerente com as mais profundas exigências de verdade, liberdade, amor e justiça para todos os seres”.
Os jovens “deverão ser operadores de justiça e de paz em um mundo complexo e globalizado. Isso tona necessária uma nova ‘aliança pedagógica’ de todos os sujeitos responsáveis”.

segunda-feira, 9 de maio de 2011

Cem dias para JMJ: cardeal Rouco lança reta final



“Estamos às portas de um novo Pentecostes”

MADRI, segunda-feira, 9 de maio de 2011 (ZENIT.org) -

 A 100 dias da Jornada Mundial da Juventude (JMJ), o arcebispo da diocese que a acolherá, cardeal Antonio Maria Rouco Varela, não hesita em predizer que este evento se converterá em um novo Pentecostes.

Ele expressa isso na carta publicada ontem, na qual lança a "reta final" para a preparação deste evento, que será realizado de 16 a 21 de agosto.

Desde que o Santo Padre anunciou, em 3 de julho de 2008, em Sydney, que Madri seria a seguinte sede do encontro mundial de jovens, afirma, "não deixamos de nos preparar e dispor, espiritual e pastoralmente, para que a JMJ de Madri com o Santo Padre (...) volte a ser a ocasião providencial para um profundo, autêntico e alegre encontro com Jesus Cristo, nosso Senhor e Salvador".

Este encontro, acrescenta, "convida os jovens em sua Igreja, para que suas vidas, muitas vezes murchas e destruídas e, outras, frescas e vigorosas, se enraízem e edifiquem n'Ele, o único que pode oferecer-lhes a verdade, a esperança e o amor; o único que pode mostrar-lhes a boa direção e acompanhá-los no caminho que os leva à autêntica e duradoura felicidade, muito além da morte!".

"A Igreja particular de Madri, encarregada pelo Papa da organização deste magno acontecimento eclesial - sem dúvida, o mais excepcional de toda a sua história -, é receptora simultaneamente de um dom singular e de uma responsabilidade pastoral sem precedentes, confiada pelo pastor da Igreja universal para o grande e atual objetivo da nova evangelização dos jovens do terceiro milênio."

Reta final

A reta final da preparação para a próxima JMJ, explica, "já está aqui. É a iminência do que será uma nova, bela e fecunda hora da graça e do Espírito para a Igreja e para os seus jovens. Mais ainda: a certeza de que nos encontramos às portas de um novo Pentecostes, que renovará seus corações e seus projetos de vida com um forte amor a Jesus Cristo, nos é apresentada com uma evidência pastoral inevitável. É urgente responder: uma resposta pessoal e comunitária".

VIII ENCONTRO DE JOVENS DA OCDS - PROVÍNCIA SÃO JOSÉ

De 15, 16 e 17 de julho de 2011 – Goiânia/GO


“ORAÇÃO; CAMINHO PARA PERFEIÇÃO”.

“Quem não deixa de caminhar, mesmo que tarde, afinal chega. Para mim,
perder o caminho é abandonar a oração”. (Santa Teresa de Jesus)

Itapetininga,  maio de 2011.

Queridos irmãos:


Inspirados pela graça de Deus e com a intercessão de nossa Santa Madre Teresa de Jesus, nos preparando para o V centenário do seu nascimento, estamos dando inicio a mais um encontro de jovens da OCDS.

Mais uma vez, com o mesmo objetivo de levar a todos os jovens o carisma do Carmelo Descalço e a espiritualidade de nossos Santos, de maneira fervorosa, será realizado, nos dias 15, 16 e 17 de julho de 2011 o VIII Encontro de Jovens OCDS.

O encontro deste ano será realizado na cidade de Goiânia-GO, na Cada de Retiro das Irmãs Dominicanas Nossa Senhora do Rosário de Monteils - Comunidade Caminho de Emaús , Av. Dourados, s/n° Goiânia-GO.
http://www.dominicasemaus.com.br/ (Veja mapa).

Terá inicio ás 16h do dia 15 de julho (sexta-feira) e encerramento ás 13h do dia 17 de julho (domingo).

O preço do encontro será de R$ 120,00 (cento e vinte reais), e as fichas deverão ser encaminhadas para Esther, da Comunidade de Itapetininga/SP, até a data de 30 de junho, na Rua Major Antonio Arruda de Moraes, n° 282, Vila Orestes, Itapetininga/SP, CEP 18 212 – 030, ou pelo telefone (15) 3272 2735 ou (15) 9728 2767 ou mesmo pelo email: comissãodejovens_ocds@yahoo.com.br .

Informamos, ainda que a idade mínima para participação no encontro é de 14 anos.

Desde já, agradeço e contamos com o empenho e dedicação de sua Comunidade em arrebanhar jovens para o Encontro, oportunidade de partilha e crescimento.

Que Deus os abençoe,

Abraço Fraterno!


Esther Pires

Pela comissão de Jovens ocds

sexta-feira, 6 de maio de 2011

COMISSÃO JOVEM OCDS

NO NOSSO I CICLA SUL OCDS, A NOS DA COMISSAO DE JOVENS TIVEMOS PRESENTES E PUDEMOS APROVEITAR DE TODOS ENSINAMENTOS PRECISOS QUE MUITO NOS AJUDARAM.


NA OPORTUNIDADE NOS REUNIMOS TAMBEM PARA TRATARMOS DO NOSSO PROXIMO ENCONTRO DE JOVENS QUE SERA DE 15 A 17 DE JULHO EM GOIÂNIA/GO.

NESTAS REUNIOES CONTAMOS COM A JUDA E CONSELHOS DE NOSSO DELEGADO OCDS PARA SUDESTE E CENTRO OESTE, FREI FABIANO E TAMBEM DE NOSSA CONSELHEIRA ROSANGELA QUE NOS ACOMPANHA EM NOME DO CONSELHO PROVINCIAL .


APROVEITAMOS A PRESENCA DE TANTOS IRMAOS DO BRASIL E AMERICA DO SUL, FIZEMOS UMA RIFA DE UMA CESTA DE LIVROS CARMELITANOS, LEMBRANCINHAS RELIGIOSAS E OUTROS PRESENTINHOS COMO PERFUMES ETC. ESTA RIFA NOS AUXILIARA EM NOSSO ENCONTRO POIS TEREMOS MUITAS DESPESAS.

FICAMOS FELIZES POIS TODOS QUISERAM AJUDAR E O PREMIO SAIU PARA UMA IRMA DO CHILE QUE FICOU MUITO ALEGRE.



Esther e Gardênia representando a comissão: faz a entrega da cesta.

Ganhadora: nossa irmã Inês (presidente da ocds do Chile)

APROVEITAMOS PARA AGRADECER A TODOS QUE COM CARINHO PARTILHARAM NESTE MOMENTO.

EM NOME DA COMISSAO DE JOVENS

ESTHER PIRES.